A criança é a expressão viva do amor de Deus. Amor sem cobrança, sem barganha, sem interesse. Amor que tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo tolera (1 Corintios 13:7)
A criança ama quem a corrige; corre para o colo do pai ou da mãe que acabou de lhe dar uma bronca porque é ali que encontra conforto e confiança.
Amor de criança não tem remorso, não tem rancor.
A única coisa que pode corromper a pureza deste amor é a perversidade do adulto.
Não é preciso amaldiçoar uma criança com palavras torpes para ensiná-la ou corrigi-la. A violência física nunca será um método eficaz na formação do caráter e da personalidade de uma criança.
O amor é o único caminho.

sábado, 10 de março de 2012

DIA INTERNACIONAL DAS "SEREHLUM"












No dia 8 de março, mamãe chegou muito cansada em casa, depois de um longo dia de trabalho e um curso depois. João ficou em casa com uma amiga da mamãe que esta hospedada lá. Na cabeceira da cama, mamãe encontrou uma surpresa. João "reeditou" o arranjo de flores do campo da sala, pegou uma taça na cozinha, compôs um arranjo com algodões coloridos e deixou um bilhete: "DIA DAS SEREHLUM", assim, de trás pra frente mesmo, porque ele já entendeu que a mamãe é meio do avesso!

Um comentário:

  1. Ahahaha! Que lindo!!!
    Eu estava tentando entender o que é SEREHLUM!!

    ResponderExcluir