A criança é a expressão viva do amor de Deus. Amor sem cobrança, sem barganha, sem interesse. Amor que tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo tolera (1 Corintios 13:7)
A criança ama quem a corrige; corre para o colo do pai ou da mãe que acabou de lhe dar uma bronca porque é ali que encontra conforto e confiança.
Amor de criança não tem remorso, não tem rancor.
A única coisa que pode corromper a pureza deste amor é a perversidade do adulto.
Não é preciso amaldiçoar uma criança com palavras torpes para ensiná-la ou corrigi-la. A violência física nunca será um método eficaz na formação do caráter e da personalidade de uma criança.
O amor é o único caminho.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

SHOW DO CEBOLINHA


Os papais de João têm uma amiga que é cantora - das boas - que se chama Letycia. Ela gravou um Cd e fez o show de lançamento no Sesc Ipiranga, em São Paulo. E lá se foram papai, mamãe e João para prestigiar a apresentação. O show teve como convidado especial, o cantor Wilson Simoninha, que tornou o show ainda mais animado do que já estava. Por causa de uma confusão da produção, Letycia precisou pedir ao papai de João que desse uma carona para o Simoninha para ir e voltar do teatro. Na saída, o papai foi buscar o carro e mamãe ficou no saguão, com o João, esperando o artista. João, já meio cansado, falou: "Vamos embora, mamãe." Ela explicou que tinham que aguardar: "Vamos já; é que o Simoninha vai conosco. Temos que esperar ele sair." A contestação veio: "Quem vai com a gente, mamãe?" Um sorriso e a reposta: "O Simoninha. Aquele moço que cantou com a Letycia". E ali, com o saguão cheio de fãs do rapaz, que o esperavam para tirar fotos, João indagou em alto e bom som: "Por que é que o Cebolinha vai com a gente, mamãe?"

terça-feira, 11 de maio de 2010

PRESÉPIO

Apesar de estarmos no meio do ano, o Natal é tema constante nas brincadeiras de João. Dia desses, quando a mamãe e o papai foram buscá-lo na casa da vovó, ele tratou logo de sugerir o que iriam fazer: "Vamos brincar de presépio?" A mamãe achou interessante e quis saber os detalhes: "Como vai ser essa brincadeira?" João explicou: "Você é a Maria, o papai é o José e eu sou o Jesus!" Então, a mamãe perguntou: "E a vovó?" Querendo incluí-la no divertido jogo. A resposta foi certeira: "A vovó é a jumentona!"

domingo, 9 de maio de 2010